terça-feira, 29 de julho de 2014

"Açores precisam de marcas"

Concordo com esta frase de Carlos Coelho. Há potencial nos Açores para a criação de novas marcas e reinventar as existentes. Mas antes de trabalhar essas marcas, primeiro é preciso lutar contra o conservadorismo e ignorância do tecido empresarial açoriano, o que aparenta ser uma missão muito complicada.

Mas o que mais me chamou a atenção na primeira página do DI foi o facto do Carlos Coelho estar muito atento aos Açores ultimamente. Estará a levantar-se a ponta do véu de um célebre concurso que está a decorrer? Terei acertado no vencedor com grande antecedência?

Aguardemos.

Sem comentários: